Psique: A dela

Considerações e neuroses de dias por planear

2006-10-24

Ler


Tenho saudades! É verdade, tenho saudades, saudades de perder-me num livro, de viajar através das suas páginas e no final olhar para o meu livro com ar de usado (lido).
Olho para a pilha de livros que tenho para ler, para os livros que gostaria de ler e para aqueles que tenho que ler por obrigações profissionais!

E penso quando volto para os braços de um livro, que me envolva no manto morno da sua história?

Alguém disse “Penso que o céu deve ser uma imensa biblioteca”.
Espero bem que sim!

5 Comments:

At 9:54 da manhã, Anonymous Cientista said...

Isto é lá coisa a lembrar a uma estudante aplicada? Também eu ando perdida em leituras que não seleccionaria, olhando de soslaio os livros em que me queria perder, como fruto proibido que são, nestes dias curtos.

 
At 6:19 da tarde, Blogger r. said...

É aterradoramente desproporcional a quantidade de livros que queremos ler em relação ao tempo de que dispomos para o fazer. Mas livro a livro, lá vamos arranjando uns bocadinhos para nos deixarmos enredar...

 
At 11:44 da tarde, Anonymous bunnyman said...

entre os livros pelos quais nos apaixonamos e aqueles que lemos por obrigação, o importante é sermos capazes de os saborear.
no entanto é sempre com deliciada culpa que olho a pilha que consegui erguer na minha mesinha de cabeceira. e ... há sempre lugar para mais um.

 
At 11:49 da tarde, Blogger psique said...

Cientista: Mil desculpas, sei que sofremos de problema idêntico.

R.: Sim, é preciso deixar-nos enredar.

Bunnyman: O tecto é o limite

 
At 11:53 da tarde, Anonymous bunnyman said...

ia sugerir a mesinha de cabeceira do outro lado mas padece de mal pior.

 

Enviar um comentário

<< Home